• daniandradescmp

O que há em comum entre as profissões de sapateiro e marceneiro?

Mais do que simples companheiros dos pés, os calçados revelam muito sobre os seus usuários, sejam homens ou mulheres e, não há quem discorde dessa afirmação. Criados há milhares de anos e cada vez com mais presença na composição visual, existem opções no mercado para todos gostos.


E assim como os melhores amigos dos pés são capazes de traduzirem o estilo e a personalidade de cada um dos seus usuários, no interior das casas e demais estabelecimentos comerciais, essas características podem ser observadas também diante da observação dos móveis escolhidos para a decoração.


Sim! Talvez você nunca tenha pensado sobre isso, mas existem mais pontos em comum entre as vitrines de calçados e as exposições de móveis que você pode imaginar. E no texto de hoje, já em homenagem ao Dia do Sapateiro, que é comemorado no próximo dia 25 de outubro, te convidamos a mergulhar mais nesses dois universos.


Nós, da empresa Móveis Antigus, estamos situados na cidade de Franca, localizada no interior do estado de São Paulo e conhecida como a capital nacional do calçado, por esse motivo, cientes da importância que esse segmento tem para o nosso município e também da excelente execução dos que trabalham nas linhas de produções, escrever sobre esse mundo é ainda mais emocionante.


Então, que tal descobrir agora qual a semelhança entre as profissões de sapateiro e marceneiro? Ficou a fim de desvendar quais as habilidades não podem ficar de fora no momento da produção desses dois itens essenciais para o nosso dia a dia? Mais do que transmissor de conhecimento, esse texto é para você reconhecer a importância dessas duas atividades:


Motivos para celebrar essas profissões


Não é novidade para ninguém que novas profissões surgem a cada dia. Diante dessa explosão de possibilidades profissionais e da constante exigência no mercado de trabalho, profissionais mais antigos, como os sapateiros e os marceneiros, por vezes, ainda sentem receio de como será o futuro.


Mas, ao contrário do que muitos imaginavam, esse medo não é novo e traduz o que todos sentem quando uma novidade é descoberta – com certeza, você também já sentiu isso e sabe do que estamos falando.





E a boa notícia para os grupos que fazem dessas atividades suas fontes de renda é que entre os motivos pelos quais essas ocupações não foram substituídas com o passar dos tempos – e nem serão – é que seus feitos são tão significativos que o setor calçadista e o moveleiro já está eternizado no coração popular.


Prova disso é que dois dias do ano, 19 de março (Dia do Carpinteiro e do Marceneiro) e 25 de outubro (Dia do Sapateiro), foram escolhidos para homenagear esses que, para muitos, realizam trabalhos tão incríveis e impecáveis que podem sim serem chamados de mágicos.


O que há por trás da produção


Se você pensa que a tarefa de produzir um calçado é simples, precisa pesquisar mais sobre o assunto para perceber que vai muito além de separar um pedaço de couro ou outro material e enviá-lo para as etapas de produções.


Do mesmo modo, a fabricação dos móveis que você já conhece, como mesas, sofás, armários, cadeiras, camas, cômodas, guarda-roupas e penteadeiras, também exige processos que talvez você nunca tenha imaginado.


Enquanto um precisa oferecer o máximo de conforto, qualidade e estilo ao caminhar dos seus donos, o outro tem a obrigação de exibir o máximo também de qualidade, beleza, inovação, durabilidade e estilo aos que optaram por incluí-lo no projeto de decoração do espaço.


Já deu para perceber que todo cuidado e atenção ainda é pouco nesses minuciosos trabalhos manuais, não é mesmo?


Pois saiba que além de habilidade, conhecimento, criatividade, persistência, objetividade, força, paciência e determinação também são requisitos fundamentais para todo e qualquer profissional que deseja fazer sucesso nessas profissões, que não aceitam menos do que a excelência.


É ou não é a descrição fiel de duas ocupações que marcam nas mãos, literalmente, o amor e a paixão que cada trabalhador destina ao objeto que produz?





Vencedores dos mais diversos obstáculos e exemplos de superação, todos os que fazem dessas linhas de produções as suas casas e trabalham a fim de confeccionar o melhor produto final, seja ele um calçado ou um móvel novo, sabem que o cliente nunca é um mero comprador. Cá entre nós, esse é um dos principais motivos pelos quais essas profissões ainda fazem sucesso em todos os cantos do país e do mundo.


Se hoje contamos com tantas empresas desses nichos espalhadas pelo Brasil com certeza temos muito o que agradecer e aprender com esses profissionais, que são responsáveis pelo aquecimento de boa parte da economia regional, nacional e mundial.


Ainda que “muito obrigado” seja repetido inúmeras vezes, sabemos que não será o suficiente perto de toda perfeição e maestria exibida nas coleções calçadistas e moveleiras, mas, como diz aquele velho ditado “gratidão é a memória do coração” e seguindo essa interpretação, nós, do Móveis Antigus, caminharemos sempre assim: admirando o toque desses profissionais e agradecendo com toda sinceridade dos nossos corações.


Parabéns a todos os sapateiros, que assim como os nossos marceneiros, integram o quadro dos melhores artesões que existem em Franca e todas as demais cidades do Brasil.

 

Formulário de Inscrição

Tel: 16 99249-3582

  • Facebook
  • Instagram

©2020 por Os Móveis Que a Vovó Tinha. Orgulhosamente criado com Wix.com